Entendendo a "Teoria" Queer

Entendendo a "Teoria" Queer

Como surgiu?


Não é algo novo, mas pela falta de conhecimento, ou até mesmos alienação, passa a ser percebida aos nossos olhos pelos últimos acontecimentos do que alguns estão chamado de "arte". Tem uma forte ligação com a "Terceira onda Feminista" ou "Femilidade" - assunto que podemos tratar a poste ori.

Nasceu nos EUA na década de 80', eles mesmos se designaram "querr" - a margem, desprezíveis, estranho. O termo é usado para representar gays, lésbicas, bissexuais e, frequentemente, também as pessoas transgênero ou transexuais, de forma análoga à sigla LGBT.. É um chigamento como se fosse "viado", "bicha",... O que não é a aceitável, podemos não concordar, mas não podemos discriminar.

Há uma forte influência do filosofo francês Michel Foucault, seu pensamento foi muito influente tanto para grupos acadêmicos como para ativistas.



Segundo o Wikipedia:
A teoria queer, oficialmente queer theory (em inglês), é uma teoria sobre o género que afirma que a orientação sexual e a identidade sexual ou de género dos indivíduos são o resultado de um constructo social e que, portanto, não existem papéis sexuais essencial ou biologicamente inscritos na natureza humana, antes formas socialmente variáveis de desempenhar um ou vários papéis sexuais.

Mas, o que a Bíblia diz:


Gênesis 1:27 E criou Deus o homem à sua imagem; à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou.
Romanos 1:23-29 E mudaram a glória do Deus incorruptível em semelhança da imagem de homem corruptível, e de aves, e de quadrúpedes, e de répteis.
Por isso também Deus os entregou às concupiscências de seus corações, à imundícia, para desonrarem seus corpos entre si;
Pois mudaram a verdade de Deus em mentira, e honraram e serviram mais a criatura do que o Criador, que é bendito eternamente. Amém.
Por isso Deus os abandonou às paixões infames. Porque até as suas mulheres mudaram o uso natural, no contrário à natureza.
E, semelhantemente, também os homens, deixando o uso natural da mulher, se inflamaram em sua sensualidade uns para com os outros, homens com homens, cometendo torpeza e recebendo em si mesmos a recompensa que convinha ao seu erro.
E, como eles não se importaram de ter conhecimento de Deus, assim Deus os entregou a um sentimento perverso, para fazerem coisas que não convêm;
Estando cheios de toda a iniquidade, fornicação, malícia, avareza, maldade; cheios de inveja, homicídio, contenda, engano, malignidade;

Comentários